Jubileu pela Terra: novos ritmos, novas esperanças



Hoje, dia 1 de setembro, é celebrado o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, que dá início ao Tempo da Criação. O período, que se encerra no dia 4 de outubro, fazendo memória a São Francisco de Assis, vem sendo celebrado desde agosto de 2015, com o lançamento da Carta Encíclica Laudato Si. Neste tempo, Papa Francisco nos anima a renovar a relação com nosso Criador e se unir em oração e ação pela Casa Comum.


O tema deste ano é Jubileu pela Terra e somos convidadas e convidados a viver esse tempo para recordar nossa vocação primordial da criação: ser e prosperar como comunidade do amor.


Compomos a Rede de Promoção da Justiça Socioambiental da Província dos Jesuítas do Brasil (RPJSA-BRA) junto com o Observatório Nacional de Justiça Socioambiental Luciano Mendes Almeida (OLMA), Instituto Humanitas UNICAP, Centro de Promoção de Agentes de Transformação (CEPAT) e Serviço Jesuíta a Migrantes e Refugiados (SJMR). E em 2020 nos unimos ao Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral e, no Brasil, ao Movimento Católico Global pelo Clima para proclamar o clamor do Tempo da Criação.


As crises que abalam o nosso mundo requerem atitudes e comprometimentos urgentes, pensando também em novas formas de viver. Até o dia 4 de outubro, através da RPJSA-BRA, estaremos animando o Tempo de Criação com uma diversa programação de seminário e debates, além de conteúdos que serão compartilhados na rede. Bilhões de cristãos ao redor do mundo estarão caminhando pelo mesmo propósito.


A programação completa podes conferir no site do OLMA, e para acompanhar e participar do Tempo de Criação, podes ir no site oficial.

Esperamos que te sintas convidada e convidado a se unir com a gente. O que dizes?

4 visualizações